Renovação de apólices de seguro de automóveis – O que fazer e o que não fazer

Ter uma cobertura de seguro automóvel adequada para o seu veículo tornou-se extremamente imperativo ao dirigir nas estradas de tráfego intenso e propensas a acidentes de hoje e ao lidar com condições incertas quase todos os dias. A cobertura do seguro de carro alivia sua mente da tensão financeira, pelo menos, tira sua mente da preocupação contínua com as despesas que podem ocorrer devido a qualquer dano não intencional ocorrido. Portanto, é preciso estar ciente do prazo de seguro do carro a qualquer momento, para que ele não expire e você seja pego de surpresa em uma situação injustificada, apenas para descobrir que o seguro do seu carro está para ser renovado.

Embora a renovação obrigatória do seguro automóvel todos os anos possa parecer um procedimento monótono e bastante tedioso, é fundamental que seja feito a tempo e de forma adequada. Além disso, é importante considerar alguns aspectos ao renovar sua apólice de seguro de carro; Existem algumas coisas que devemos e não devemos fazer que podem ajudar muito a fazer com que a renovação do seguro do seu carro seja feita de maneira informada. Vamos dar uma olhada rápida em alguns desses pontos e ajudar a suavizar o processo para você e também ajudar a buscar um seguro de carro relativamente barato, ao melhor preço com os melhores serviços.

O que fazer – acertar

1 Comparação entre políticas– O primeiro e mais importante aspecto a ter em consideração ao renovar a apólice de seguro automóvel é o facto de existir no mercado uma grande variedade de coberturas de seguro à escolha, sem qualquer obrigação de continuar com a mesma apólice contratada. No caso de você experimentar certas inadequações no ínterim de um ano da apólice ou se desejar atualizar sua apólice de acordo com as demandas de mudança, então, você sempre tem a opção de mudar para uma nova. Antes disso, é fundamental observar as diversas políticas disponíveis no mercado e fazer uma análise comparativa minuciosa.

2 Detalhes precisos no formulário– Ao preencher o formulário de renovação do seguro automóvel, é de extrema importância preencher informações inexatas sobre o seu automóvel e, tanto quanto é do seu conhecimento, para obter uma apólice adequada da empresa. Assim, é aconselhável preencher o formulário de forma descontraída e por conta própria, pois conhece as suas necessidades melhor do que qualquer agente da empresa.

3 Registo de política Depois de renovar a política, certifique-se de preencher uma cópia em um arquivo e mantê-lo para registro ou, se for uma cópia eletrônica, salve-o com você em um disco rígido para não perdê-lo. É importante manter um registro adequado, pois ele fornece todas as informações necessárias a qualquer momento e não deixa espaço para qualquer confusão quando se trata de aproveitar o Bônus de Não Reivindicação (NCB) ou qualquer outra reivindicação futura.

4 Adicionar capas- Antes de aderir a qualquer apólice, é vital anotar todas as capas complementares e examiná-las detalhadamente para escolher com sabedoria aquelas que atendem às suas necessidades, em vez de ir às cegas por tudo e acabar pagando uma quantia enorme desnecessariamente .

5 Certificado de Registro (RC) – Ao renovar sua apólice, certifique-se também de que seu RC está atualizado com seu endereço atual, nome e outros detalhes. Além disso, verifique se as especificações do veículo são precisas e os detalhes mencionados no RC estão em sincronia com os detalhes da política.

O que não fazer – não bagunçar

1 Sem colunas em branco no formulário– Certifique-se de não deixar nenhuma coluna em branco ou sem resposta no formulário que possa impactar negativamente a renovação da sua apólice. Em vez disso, deve-se fornecer todas as informações possíveis, apenas para ter certeza de estar recebendo a ajuda certa da seguradora.

2 A não perder o cronograma de renovação- Ter em mente que o vencimento do plano de seguro do carro é crítico não apenas do ponto de vista de qualquer dano ocorrido nesse ínterim quando você for descoberto, mas também para economizar nas taxas de renovação tardia, se houver, pela empresa. Além disso, dá tempo para pensar e depois agir, em vez de ficar com pressa em fazer um seguro com o primeiro plano que surgir em seu caminho.

3 Nenhuma declaração incorreta– Nunca se deve fazer qualquer declaração incorreta ou dar qualquer estimativa errada ao seguradora de automóveis, intencionalmente, pois isso pode acabar fazendo com que você receba a capa errada. Diga a eles precisamente quais são seus requisitos, qual é a condição do carro e estimativa de valor do carro e suas reivindicações futuras permanecerão ininterruptas.

4 Não se esqueça da transferência de nome- No caso de adquirir um veículo usado, certifique-se de que a apólice seja transferida em seu nome e não a renove em nome do proprietário anterior por acaso.



Source by Amit Sethi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *